Justiça

Hacker Rui Pinto ficou com 17 mil euros desviados de banco das ilhas Caimão

Rui Pinto, que está em prisão domiciliária na Hungria, até saber se é extraditado para Portugal, foi o único suspeito de um desvio de 264 mil euros. Processo terminou com acordo. Uma das transferências foi feita através de um computador da Universidade Porto, onde jovem estudava.