Entrevista

Daqui para a frente, "descida do desemprego vai ser muito contida”

João Cerejeira, economista e especialista em mercado de trabalho, defende que a taxa de desemprego poderá, quanto muito, baixar para os 6,5% e alerta que crescimento do emprego depende da entrada de mão-de-obra no país.