O novo avião da TAP vai chamar-se Zé Pedro

Guitarrista dos Xutos & Pontapés homenageado pela companhia aérea portuguesa.

Foto
DR

A TAP escolheu Zé Pedro para nome de um dos seus novos aviões. O músico dos Xutos & Pontapés, que morreu em finais de 2017, será assim recordado na cerimónia em que a companhia apresentará um novo Airbus, um A321neo, que chegou a Portugal em Janeiro. 

A cerimónia de baptismo do avião, com o nome do “guitarrista da icónica banda Xutos & Pontapés” – como se sublinha no convite oficial para o evento – decorrerá na sexta-feira, dia 8 de Fevereiro, às 10h30, no hangar 6 do Campus TAP, em Lisboa.

José Pedro Santos Reis de seu nome completo, Zé Pedro nasceu a 14 de Setembro de 1956 e faleceu a 30 de Novembro de 2017, após uma carreira de quatro décadas com a sua banda, composta actualmente por Tim e Kalú – também membros fundadores dos Xutos –, além de João Cabeleira e Gui, que se juntaram ao grupo nos anos 80. O grupo celebrou 40 anos de existência a 13 de Janeiro e acaba de lançar um novo disco, Duro, cuja gravação ainda contou com a participação de Zé Pedro.

O avião escolhido pela TAP para homenagear o músico integra o grande reforço da frota da empresa para este ano: até ao final de 2019, a TAP prevê ter 37 novos aparelhos – e, até ao final de 2025, deverão ter entrado ao serviço 71 novos aviões

A TAP tem por regra escolher os nomes de grandes figuras da cultura e História de Portugal para baptizar os seus aviões. Zé Pedro, ícone do rock português, junta-se assim a figuras como, entre muitos outros, Camões, Gil Vicente ou D. Afonso Henriques, mas também Humberto Delgado, Fernando Pessoa, Manoel de Oliveira, Sophia de Mello Breyner Andresen, Almada Negreiros, Aquilino Ribeiro, Amália ou Eusébio.