Greve

Enfermeiros: Marcelo faz apelo genérico a que se pese o custo social das paralisações

"Devem permanentemente ter presente essa balança, esse equilíbrio, que tem dois pratos: um prato é o exercício legítimo do direito à greve, o outro é o custo social sofrido por, nalguns casos, muitos milhares de portugueses", diz o Presidente.