Gelson Martins emprestado pelo Atlético de Madrid ao Mónaco

Internacional português raramente foi opção para Diego Simeone.

Gelson Martins não conseguiu ganhar um lugar no Atlético de Madrid
Foto
Gelson Martins não conseguiu ganhar um lugar no Atlético de Madrid Javier Barbancho/Reuters

O futebolista internacional português Gelson Martins, que no último defeso rescindiu unilateralmente com o Sporting e rumou ao Atlético de Madrid, foi neste domingo emprestado pelos "colchoneros" ao Mónaco, anunciaram os monegascos.

Gelson Martins, de 23 anos, raramente foi opção para Diego Simeone, tendo cumprido apenas um jogo a titular na Liga espanhola, mais sete como suplente utilizado, e ainda dois na Taça do Rei e outros tantos na Liga dos Campeões.

O jogador português, que no Mónaco vai ser comandado pelo compatriota Leonardo Jardim, é o quinto reforço de inverno dos franceses, depois de Naldo (Schalke 04), Fodé Ballo-Touré (Lille), Cesc Fàbregas (Chelsea) e William Vainqueur (Antalyaspor).

"O Mónaco tem o prazer de anunciar a chegada de Gelson Martins, proveniente do Atlético de Madrid. O médio ofensivo chega por empréstimo até ao final da temporada", anunciou o Mónaco, na sua página oficial na Internet.

No site dos monegascos, o internacional português, que representou Portugal no Mundial 2018, mostrou-se "muito contente" por ingressar no clube e ansioso pela estreia. "Não posso esperar por voltar ao relvado com os meus novos companheiros de equipa. Vou dar o meu melhor para ajudar a equipa", prometeu o novo reforço do Mónaco.

O conjunto gaulês começou a época sob o comando de Leonardo Jardim, que foi substituído por Thierry Henry, e, na última semana, reincorporado, para tentar salvar o clube da descida.

Com 22 jogos disputados na prova, o clube do principado segue no 19.º e penúltimo lugar do campeonato, com 15 pontos, apenas mais um do que o último classificado Guingamp.

"Bem-vindo Gelson Martins. Gelson é um médio ofensivo rápido, que mostrou grandes coisas no Sporting e vai trazer à nossa equipa a sua velocidade e capacidade atacante", disse o vice-presidente do Mónaco, Vadim Vasilyev.

O Mónaco, que no sábado perdeu por 2-0 em Dijon, volta a jogar na terça-feira, recebendo o Guingamp, em encontro a contar para a Taça da Liga francesa.