O filme do conselho nacional do PSD em frases

A reunião dos sociais-democratas teve início com a leitura da moção de confiança. Depois, falou Rui Rio. A seguir, inscreveram-se 75 militantes.

Foto
PÚBLICO

  

PÚBLICO -
Foto
O PS pôs-se a jeito de perder as eleições e cabe ao PSD pôr-se a jeito para as ganhar Rui Rio, Líder do PSD

  

PÚBLICO -
Foto
Se pudesse estar presente, o meu voto seria, sem dúvidas, nem reticências, nem secretismos, favorável à moção de confiança Francisco Pinto Balsemão, ex-líder do PSD

  

PÚBLICO -
Foto
Aquele que questiona o líder deve fazer primeiro uma sondagem a si próprio e verificar se está em melhores condições para se candidatar a primeiro-ministro do que o líder do partido José Manuel Fernandes, eurodeputado

  

PÚBLICO -
Foto
Considero muito inconveniente interromper neste momento esse ciclo normal e impedir o balanço dos mandatos no tempo em que é devido Paulo Mota Pinto, presidente do Conselho Nacional

  

PÚBLICO -
Foto
Vejo um carro que vai contra a parede, não o acelero, tento travá-lo. É esta a minha convicção, de que é uma estratégia errada a aproximação ao PS Hugo Soares, deputado e ex-líder da bancada

  

PÚBLICO -
Foto
Rio escolheu troçar das sondagens e usar o passado de grandes líderes como Soares, Cavaco ou Passos para justificar que também ele as pode inverter. Para isso, terá de escolher fazer rupturas e trazer novas políticas e novas caras. Quando o fizer será um líder sem esta contestação Telmo Faria, Ex-presidente da Câmara de Óbidos

  

PÚBLICO -
Foto
O discurso de Rui Rio até é bom quando fala para os companheiros do partido. É um discurso com alguma graça e força, mas devia guardá-lo para o PS Pedro Pinto, presidente da distrital de Lisboa

  

PÚBLICO -
Foto
A instabilidade que se criou só serve os interesses do PS Álvaro Amaro, autarca do PSD na Guarda

  

PÚBLICO -
Foto
O PS nunca foi um parceiro de confiança para fazer acordos. Com este Governo, a dúvida que existe é se nos leva a um pântano como o de Guterres ou a uma bancarrota como a de José Sócrates Maria Luís Albuquerque, deputada e ex-ministra das Finanças

  

PÚBLICO -
Foto
Os partidos políticos são muito importantes e o PSD é, porventura, o partido político mais importante da democracia portuguesa, mas os portugueses são mais importantes Luís Filipe Menezes, ex-líder do PSD

  

PÚBLICO -
Foto
A nossa referência é Francisco Sá Carneiro, que defendeu sempre opiniões de cabeça erguida Mota Amaral, ex-presidente do Parlamento
Sugerir correcção