Ípsilon

Crítica

31.661, tatuado no braço

Uma obra maior da “literatura do Holocausto”: Auschwitz e Depois, de Charlotte Delbo.