Anéis de Saturno são muito mais jovens do que o planeta

Estrutura emblemática do planeta terá surgido há entre dez e 100 milhões de anos.

Foto
Sonda Cassini a atravessar os anéis de Saturno NASA/JPL-Caltech

Afinal, quando surgiram os anéis de Saturno? Num estudo publicado esta sexta-feira na revista Science, uma equipa de cientistas volta a sugerir que os anéis de Saturno não se formaram ao mesmo tempo do que o planeta e são muito mais jovens do que o planeta.

Ao longo desta investigação, a equipa estudou novas medições do campo gravitacional de Saturno obtidas com base nas observações da sonda Cassini durante as órbitas finais ao planeta, em 2017. Essas medições permitiram aos cientistas determinar a massa e a idade dos seus anéis, refere um comunicado da Associação Americana para o Avanço da Ciência, que edita a Science.

Enquanto Saturno se formou há 4500 milhões de anos, os seus anéis terão surgido há entre dez e 100 milhões de anos, segundo os autores do artigo. Contudo, os dados não esclarecem por que é que os anéis surgiram tanto tempo depois da formação do planeta. “As estimativas anteriores da idade dos anéis de Saturno precisaram de muita modelação e eram muito mais incertas. Mas agora temos medições directas que nos permitem restringir a idade muito bem”, disse à BBC Luciano Iess, da Universidade de Roma (Itália) e um dos autores do artigo.

Neste estudo, sugere-se ainda que a duração do dia em Saturno seja de dez horas, 33 minutos e 38 segundos. “Agora temos a duração [exacta] do dia de Saturno, quando pensávamos que não seríamos capazes de o descobrir”, afirma Linda Spilker, cientista da missão da Cassini e que não assina o artigo, num comunicado da Universidade da Califórnia, que teve investigadores envolvidos neste trabalho. “Usaram-se os anéis para perscrutar o interior de Saturno. E encontrou-se realmente um resultado sólido: os anéis guardavam a resposta.”  

Num outro estudo publicado na revista científica Icarus há um mês, estimava-se – também com base em dados da Cassini – que os anéis de Saturno podem desaparecer dentro de 100 milhões de anos. Porquê? Os cientistas explicavam que a gravidade de Saturno está a “empurrar” os anéis – constituídos essencialmente por gelo – para a camada superior da atmosfera do planeta. Além disso, os cientistas propunham que os anéis não teriam mais do que 100 milhões de anos.

Sugerir correcção