Ambiente

Ministro do Ambiente diz que neutralidade carbónica em 2050 "é exequível"

João Pedro Matos Fernandes disse esta segunda-feira que alcançar a neutralidade carbónica em Portugal em 2050 "é exequível, cria emprego, riqueza e promove investimento".