Fotografia

Atravessar a Europa numa carrinha? Diogo fê-lo em 13 dias

A vista das traseiras da carrinha/casa ambulante durante a viagem entre o Porto e Katowice. ©Diogo Baptista
Fotogaleria
A vista das traseiras da carrinha/casa ambulante durante a viagem entre o Porto e Katowice. ©Diogo Baptista

Entre o Porto e Katowice há 5383 quilómetros de estrada. Diogo Baptista percorreu-os em 13 dias quando, em Setembro de 2018, decidiu fazer a viagem entre Portugal e Polónia, sozinho, numa carrinha personalizada para “poder ficar a dormir na estrada”.

O sonho já era antigo. Depois de realizar duas viagens pela Europa com os pais e a irmã, desde criança que Diogo Baptista queria “voltar a andar perdido” pelas ruas europeias. A oportunidade surgiu no último ano de faculdade, em 2018, quando o estudante de Tecnologia e Comunicação Audiovisual conseguiu uma bolsa ao abrigo do programa Erasmus+ e partiu para Katowice, na Polónia. “Era preciso chegar lá de alguma maneira, então pensei: Vou de carro”, conta, ao telefone com o P3.

O carro com que fez a viagem — e que acompanha Diogo na Polónia onde ainda se encontra a estudar — é uma “pequena carrinha” que comprou em 2016. Pensada para as viagens longas que o estudante sonhava — e sonha — fazer, foi modificada para que “todas as necessidades básicas estivessem garantidas”. “Assim", explica, "podia permanecer na estrada e ir explorando novos locais, sem ter de me preocupar com alojamento e jantares em restaurantes”.

A viagem foi planeada “em cima do joelho”. Mas delinear o caminho que havia de percorrer e as cidades que ia visitar foi uma tarefa fácil. “O mapa que tinha na minha cabeça foi o acumular de sonhos e conhecimentos que tinha adquirido ao longo dos anos”, relata Diogo. Em 15 dias, o também fotógrafo freelancer preparou tudo — desde as paragens que tinha de fazer aos locais onde iria estacionar para dormir e os pontos de visita obrigatória. “O Google Maps é uma ajuda autêntica”, diz.

Em meados de Setembro, Diogo deu início à aventura. Pelo caminho, ficaram locais como San Sebastián, Montluçon, Genebra, Lausana, Alpes Suíços, Baveno, Gargano, Lugo, Toscana, Bolonha e Klagenfurt. Dormiu em parques de estacionamento, em ruas vazias, em parques de campismo e em casa de amigos estrangeiros. Visitou praias, lagos e pontes "deslumbrantes".

Algumas cidades não eram novidade para o fotógrafo: “Numa das viagens com os meus pais fiz um auto-retrato num pintor de rua em Florença e agora voltei a fazer. Também quando passei em Klagenfurt, na Áustria, tentei descobrir um local onde o meu pai nos tirou uma fotografia, a mim e à minha irmã, durante as nossas voltas à Europa, na infância. Não foi fácil, mas lá encontrei, e aproveitei para fazer uma réplica (dentro dos possíveis) da paisagem do mesmo local de 1995.”

Chegado à meta, o espírito aventureiro permanece. Até agora, a partir da Polónia, já fez cinco mil quilómetros para destinos vizinhos — em Dezembro, esteve em Berlim, onde retratou a realidade dos sem-abrigo em Alexanderplatz. E promete não ficar por aqui. “Ainda falta a viagem de volta para Portugal, não é?”

Gostas de fotografar e tens uma série que merece ser vista? Não consegues parar de desenhar, mas ninguém te liga nenhuma? Andas sempre com a câmara de filmar para produzir filmes que não saem da gaveta? Sim, tu também podes publicar no P3. Sabe aqui o que tens de fazer.

Saida do Porto com a primeira paragem em San Sebastián (Espanha).
Saida do Porto com a primeira paragem em San Sebastián (Espanha). ©Diogo Baptista
O porto de Saint-Jean-de-Luz já tem centenas de anos. Logo após atravessar a fronteira entre Espanha e França pela zona costeira.
O porto de Saint-Jean-de-Luz já tem centenas de anos. Logo após atravessar a fronteira entre Espanha e França pela zona costeira. ©Diogo Baptista
Antes de entrar na Suíça e avistar o lago de Nantua, decidiu fazer uma paragem para almoço. Este lago glacial no sopé do sul das Montanhas Jura fica localizado em Nantua, França.
Antes de entrar na Suíça e avistar o lago de Nantua, decidiu fazer uma paragem para almoço. Este lago glacial no sopé do sul das Montanhas Jura fica localizado em Nantua, França. ©Diogo Baptista
Na chegada a Genebra e antes de um mergulho no lago, já avistava companheiros para pernoitar.
Na chegada a Genebra e antes de um mergulho no lago, já avistava companheiros para pernoitar. ©Diogo Baptista
Amanhecer no lago Leman, Suíça.
Amanhecer no lago Leman, Suíça. ©Diogo Baptista
Por caminhos agrícolas na Suíça a caminho dos Alpes; paisagens magnificas que rodeiam o lago Leman.
Por caminhos agrícolas na Suíça a caminho dos Alpes; paisagens magnificas que rodeiam o lago Leman. ©Diogo Baptista
Um sobe e desce pelas estradas dos Alpes Suíços.
Um sobe e desce pelas estradas dos Alpes Suíços. ©Diogo Baptista
A neve era visivel no Monte Mottac ainda no fim do Verão, durante a passagem pelos Alpes Suíços.
A neve era visivel no Monte Mottac ainda no fim do Verão, durante a passagem pelos Alpes Suíços. ©Diogo Baptista
Amanhecer no lago Di Garda no porto de Gargnamo, Itália
Amanhecer no lago Di Garda no porto de Gargnamo, Itália ©Diogo Baptista
Passear de barco pelo lago Di Garda é uma das principais atrações turísticas.
Passear de barco pelo lago Di Garda é uma das principais atrações turísticas. ©Diogo Baptista
A Toscânia, em Itália, é certamente uma região para relaxar entre os morros e colinas que aí predominam.
A Toscânia, em Itália, é certamente uma região para relaxar entre os morros e colinas que aí predominam. ©Diogo Baptista
Passeio de Vespas e Fiat 600 é uma das atracções a experimentar em Florença, capital de Toscânia.
Passeio de Vespas e Fiat 600 é uma das atracções a experimentar em Florença, capital de Toscânia. ©Diogo Baptista
A ponte Vecchio, no fundo da imagem, é um dos locais mais procurados por quem passeia pela cidade de Florença
A ponte Vecchio, no fundo da imagem, é um dos locais mais procurados por quem passeia pela cidade de Florença ©Diogo Baptista
Ir a Bolonha para comer bolonhesa, um prato que se encontra pelo mundo inteiro. O uso das bicicletas nesta cidade está muito na moda.
Ir a Bolonha para comer bolonhesa, um prato que se encontra pelo mundo inteiro. O uso das bicicletas nesta cidade está muito na moda. ©Diogo Baptista
Paisagem matinal em Klagenfurt, na Áustria.
Paisagem matinal em Klagenfurt, na Áustria. ©Diogo Baptista
Por caminhos da República Checa, o carro com as siglas VB está relacionado com a antiga polícia secreta do tempo do comunismo.
Por caminhos da República Checa, o carro com as siglas VB está relacionado com a antiga polícia secreta do tempo do comunismo. ©Diogo Baptista
Chegada a Kotowice. O vale das Três Lagoas é um dos parques principais na parte sul da cidade.
Chegada a Kotowice. O vale das Três Lagoas é um dos parques principais na parte sul da cidade. ©Diogo Baptista