Torne-se perito

Luís Pedro Martins apoiado pela Câmara do Porto na corrida à Turismo do Porto e Norte

Moção apresentada por vereador Ricardo Valente apoia o director executivo da Torre dos Clérigos para presidir a entidade turística.

Foto
Luís Pedro Martins numa acção de campanha das autárquicas em 2017 na Torre dos Clérigos Adriano Miranda

As eleições estão marcadas para 18 de Janeiro e há duas listas constituídas para encarar a corrida para a presidência da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP). De um lado Luís Pedro Martins, director executivo da Torre dos Clérigos. Do outro, José Meirinhos, ex-presidente da Câmara de Miranda do Douro. O assunto não é lateral à Câmara do Porto e, por isso, o vereador da economia Ricardo Valente apresentou esta terça-feira, na reunião camarária, uma moção de apoio ao primeiro candidato, que considera apresentar “garantias de competência, diversidade e coesão territorial”.

O projecto apresentado por esta candidatura, lê-se na moção, tem uma “inequívoca dimensão regional” e poderá ser “uma mais-valia para o desenvolvimento sustentável do turismo de toda a região Norte, e do Porto em particular.”

Sendo o turismo um “vector estratégico para a economia da cidade”, explicou Ricardo Valente, a Câmara do Porto decidiu manifestar publicamente este apoio a Luís Pedro Martins, “cujo percurso académico e profissional, publicamente conhecidos, o habilita a desempenhar as funções de presidente da Comissão Executiva”. Esta candidatura coloca o foco na “relação entre a entidade regional e os municípios”, avaliou: “Parece-nos o mais acertado.”

A moção foi aprovada por maioria, com abstenção da CDU (por falta de conhecimento das listas em causa) e um reparo da vereadora socialista Fernanda Rodrigues. É que da lista de Luís Pedro Martins não faz parte uma única mulher. “É algo a reparar no futuro”, instou, perante o aceno de Rui Moreira: “É uma questão de tempo. Isto vai mudar e não vai ser preciso haver quotas”.

Luís Pedro Martins, de 50 anos, é licenciado em Design pela Escola Superior de Artes e Design e pós-graduado em Marketing pela Porto Business School. Foi membro do gabinete do ministro da Justiça Alberto Martins entre 2009 e 2011, consultor de uma agência de comunicação e ainda assessor da Santa Casa da Misericórdia do Porto.

Sugerir correcção