Marselha afastado da Taça de França por equipa do quarto escalão

Batido por 2-0 na visita ao Andrézieux.

Não foi um bom dia para a equipa de Rudi Garcia
Foto
Não foi um bom dia para a equipa de Rudi Garcia Reuters/JEAN-PAUL PELISSIER

O Marselha foi eliminado da Taça de França, ao perder por 2-0 em casa do Andrézieux, equipa do quarto escalão, em jogo dos 32 avos-de-final. Na nona ronda da Taça, Bryan-Clovis Ngwabije, aos 17 minutos, e o suplente Florian Milla, aos 82', fizeram os golos do modesto clube de Andrézieux-Bouthéon, que conseguiu o segundo apuramento para os 16 avos-de-final desde a fundação, em 1947.

A equipa marselhesa, sexta classificada na Liga francesa, fez alinhar o português Rolando de início, bem como várias das principais figuras, como o argentino Ocampos, o capitão Payet ou Florien Thauvin, num "onze" com poucas alterações do técnico Rudi Garcia, mas acabou mesmo eliminado da prova.

À mesma hora, o Mónaco venceu por 0-1 em casa do Canet Roussillon, equipa da quinta divisão francesa, graças a um golo do jovem Moussa Sylla, aos dois minutos, numa partida em que o guineense ex-Rio Ave Pelé foi titular e Rony Lopes entrou aos 66 minutos.

Foi a quarta vitória de Thierry Henry em 15 jogos como treinador dos monegascos, depois de substituir o português Leonardo Jardim, sendo que a expulsão de Lopy, logo aos 18 minutos, facilitou a missão dos primodivisionários, 19.º e penúltimos no campeonato.

O Stade de Reims, nono classificado na Ligue 1, venceu por 2-0 o Lens, da segunda divisão, graças a golos de Oudin e Cafaro, aos 32 e 36 minutos, respectivamente, e também seguiu para os 16 avos-de-final.

O Rennes precisou do desempate por grandes penalidades para seguir em frente, contra o Brest, do segundo escalão, depois de ter estado a perder por 2-0, por culpa de um "bis" de Charbonier' (24' e 40'). Hunou (41') e Sarr (49') empataram a partida antes de os penáltis sorrirem aos primodivisionários, num desempate em que estiveram a perder por 3-1, já com dois desperdiçados.