Novo ano traz descidas nos preços dos combustíveis

O valor por cada litro de gasolina e gasóleo tem descido desde Outubro e deverá continuar a seguir a mesma tendência em 2019.

Foto
bruno lisita

Os preços dos combustíveis devem voltar a descer no início de 2019, avançou o Jornal Económico esta sexta-feira e confirmou o PÚBLICO.​

A gasolina deverá registar a maior descida, caindo até aos cinco cêntimos por litro. Desse valor, escreve o semanário, os portugueses irão poupar três cêntimos devido à descida de impostos e gastar menos dois cêntimos pela descida semanal que acontece desde Outubro.

A confirmar-se a descida, a gasolina vai baixar para o valor mais baixo desde Março de 2016. Até à última semana de 2018, a gasolina já desceu 17 cêntimos.

Já o gasóleo deverá custar menos dois cêntimos por litro. O preço deste combustível já caiu 13 cêntimos nos últimos dois meses.

“Há factores conjugados que podem influenciar essas descidas”, diz ao PÚBLICO fonte da Associação Portuguesa das Empresas Petrolíferas (APETRO).

O primeiro factor refere-se à descida do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos e Energéticos (ISP) cuja decisão – prometida pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação do Orçamento do Estado para 2019 – consta da portaria publicada em Diário da República a 24 de Novembro.

O segundo factor é um “reflexo do que acontece nos mercados internacionais”. O preço do barril de petróleo nos Estados Unidos da América, por exemplo, atingiu mínimos no final de Novembro. Nessa altura, o “Brent” estava a ser negociado em 57,50 dólares por barril, um mínimo que já não acontecia desde Outubro de 2017.

Na última semana de 2018, o preço médio do litro de gasolina 95 em Portugal encontra-se nos 1,469 euros (o sexto mais caro na União Europeia) e o do gasóleo a 1,347 euros (o 11º na lista de preços da UE), indica a Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG).

Sugerir correcção