Banca

Deutsche Bank, o "elefante" alemão na sala dos mercados mundiais

As bolsas mundiais preparam-se para um final de ano atribulado, com o nervosismo provocado pelas últimas ameaças de Trump. Mas no meio das salas de mercados há um "elefante" que estragou o Natal a analistas e estrategas financeiros: a espiral do Deutsche Bank está cada vez mais insustentável.