À noite, 22 graus; de dia, 27: Madeira com temperaturas-recorde dos últimos 154 anos

Funchal registou uma temperatura de 26,9 graus Celsius na tarde de quarta-feira.

Foto
RAFAEL MARCHANTE/Reuters

A estação do Observatório Meteorológico do Funchal registou, às 14h10 desta quarta-feira, uma temperatura máxima de 26,9 graus Celsius, um recorde dos últimos 154 anos para o mês de Dezembro. 

Este é “o valor mais alto registado desde que há observações em contínuo na Madeira” (desde a década de 1860), explica ao PÚBLICO Victor Prior, delegado regional do Observatório Meteorológico do Funchal, que pertence ao Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Até agora, as temperaturas mais altas de que havia registo tinham sido alcançadas por volta de 1920 e em 1961, rondando os 26,5 graus. 

Na madrugada de quinta-feira, registou-se ainda uma temperatura mínima de 22,3 graus na cidade do Funchal, “um valor bastante alto para Dezembro”, acrescenta o meteorologista.

Apesar de valores semelhantes já terem sido registados no passado em Dezembro (ainda que tenham ficado umas décimas abaixo), a sua frequência tem aumentado nos últimos anos. 

“Temperaturas superiores a 25 graus no Funchal desde a década de 1860 foram registadas 12 vezes em Dezembro”, diz Victor Prior. Desses 12 registos, “o que poderá preocupar mais” é que seis ocorreram nos últimos 18 anos e a outra metade ao longo de 130 anos. “O que significa que estes valores altos em Dezembro estão a ser mais frequentes”, acrescenta o especialista. 

Já durante o dia de quinta-feira, registaram-se também 27,2 graus no Lugar de Baixo (Ponta do Sol) e 25,7 graus no Funchal. Para sexta-feira, a previsão aponta novamente para uma temperatura máxima de 27 graus no Funchal (podendo variar ligeiramente) com céu limpo ou pouco nublado, pelo que “será ainda um dia bastante quente para a época do ano”. Além disso, os valores da humidade relativa têm-se mantido “extremamente baixos”, acrescenta Victor Prior, chegando a ser inferiores a 30% nas regiões montanhosas e na costa Sul. A partir de sábado, a temperatura deverá baixar cerca de dois ou três graus. 

Em média, a temperatura máxima no Funchal nesta altura do ano ronda os 20 graus Celsius, explica ao PÚBLICO a meteorologista do IPMA Paula Leitão.

O fenómeno está relacionado com o anticiclone localizado a oeste da Península Ibérica e uma depressão a sudoeste das Canárias, que provocam a circulação de uma massa de ar quente. “Estes dois centros de acção favorecem o transporte de ar quente do Norte de África, originando estas temperaturas elevadas no arquipélago da Madeira”, sublinha Paula Leitão.