O youtuber mais bem pago do mundo tem sete anos e ganha a vida a experimentar brinquedos

Através do canal Ryan Toys Review, uma criança norte-americana já arrecadou mais de 17 milhões de seguidores desde Março de 2015.

Foto
FACEBOOK RYAN'S TOYSREVIEW

Chama-se Ryan, tem sete anos, vive nos Estados Unidos da América e, segundo a revista Forbes, é o youtuber que mais receitas arrecadou entre Junho de 2017 e Junho de 2018, num ranking agora divulgado. É o rosto do Ryan Toys Review, um canal de YouTube criado pelos seus pais em 2015, onde Ryan e as suas irmãs gémeas testam diversos brinquedos, desde carros a bonecos da Disney ou legos.

Tal como o nome indica, todos os vídeos publicados no canal de Ryan mostram a criança a experimentar brinquedos mais ou menos populares de várias marcas e a dar a sua opinião sobre os mesmos. O estilo simples do canal e a regularidade com que são postados os vídeos — pelo menos uma vez por dia — foram a receita para um sucesso que gerou 22 milhões de dólares (cerca de 19,2 milhões de euros) apenas entre Junho de 2017 e o mesmo mês de 2018.

Segundo a revista Forbes, a grande maioria do dinheiro arrecadado pelo canal Ryan é proveniente de anúncios gerados pela própria plataforma YouTube, e correspondem a cerca de 96% da receita total, sendo que o restante é proveniente de conteúdos patrocinados por marcas. Devido à sua tenra idade, 15% do valor total é depositado numa conta-poupança que está bloqueada até Ryan se tornar adulto.

Questionado pela NBC News sobre a razão do seu canal ser tão bem sucedido, Ryan respondeu que era por ser "divertido e engraçado".

Ryan também tem outra fonte de receita: a sua própria linha de brinquedos coleccionáveis, que são vendidos em todas as superfícies da cadeia norte-americana Walmart.

O canal de Ryan destronou assim nesta lista outras grandes estrelas do YouTube como Jake Paul, que ganhou menos 500 mil euros que o jovem crítico de brinquedos.