Venda da antiga Feira Popular adiada pela terceira vez

Abertura dos envelopes com as três propostas será a 12 de Dezembro.

Foto
A Operação Integrada de Entrecampos depende desta venda daniel rocha

Ainda não foi desta que os terrenos da antiga Feira Popular de Lisboa, em Entrecampos, foram vendidos. A abertura dos envelopes estava prevista para esta segunda-feira de manhã mas foi adiada por uma semana e meia. 

É a terceira vez que a venda é adiada. A hasta pública estava originalmente marcada para 12 de Novembro mas, perante as dúvidas do Ministério Público à operação, foi remarcada para 23 de Novembro. Nessa data, e perante novas questões da procuradora, a hasta foi aberta e logo suspensa, tendo ficado assente que a decisão final seria tomada esta segunda.

Agora, a Câmara Municipal de Lisboa adia para 12 de Dezembro a abertura dos envelopes das três empresas interessadas: Fidelidade Property, Dragon Method e MPEP. As empresas tiveram acesso à última carta do Ministério Público, enviada a meio do mês, e agora também à resposta da autarquia.

Segundo fonte oficial do município, este terceiro adiamento visa dar mais tempo aos concorrentes para se inteirarem de todos os meandros legais da chamada Operação Integrada de Entrecampos.