Zuzia Kozerska-Girard
Foto
Zuzia Kozerska-Girard

Who's She?, o jogo que não quer saber como elas são, mas sim o que fazem

Who's She? é uma nova versão do Quem é Quem?, com duas grandes diferenças: só figuram mulheres e, para ganhar, há que fazer perguntas sobre o que elas fizeram e não sobre a aparência. Foi lançada uma campanha no Kickstarter para impulsionar a comercialização do jogo, que já conta com mais de 1000% do valor ambicionado.

É loira ou morena? Tem óculos ou chapéu? Neste jogo, nada disso interessa. O Who’s She? quer que os jogadores adivinhem quem é quem com base nos feitos e não na aparência. As personagens são apenas mulheres que de alguma forma marcaram a história da humanidade. Frida Kahlo, Mary Anning, Amelia Earhart ou Serena Williams são algumas das figuras presentes no tabuleiro de madeira, criado na Polónia pela mão de Zuzia Kozerska-Girard, designer e fundadora da Playeress, e pintado pela artista Daria Golab.

Assim, para ganhar este jogo, é preciso perguntar, por exemplo, se ela ganhou um Prémio Nobel, fez uma descoberta científica ou se era espia. O jogo disponibiliza também cartões biográficos com um breve resumo da vida de cada uma das mulheres, os símbolos que permitem identificá-las à primeira vista, bem como alguns factos engraçados. Sabias que a cantora e bailarina Josephine Baker teve cerca de 20 animais de estimação, entre eles um leopardo e um chimpanzé?

PÚBLICO -
Foto
Zuzia Kozerska-Girard

O Who’s She? “destaca mulheres que tiveram coragem para ser diferentes e arriscar”, pode ler-se no Kickstarter, onde foi lançada uma campanha de angariação de fundos para dar o pontapé de saída para a comercialização do jogo. “Colocamos nomes de profissões no feminino sempre que possível, para mostrar às raparigas que podem fazer qualquer coisa”, explica Zuzia Kozerska-Girard. Ainda assim, o jogo não é só para mulheres: todos podem encontrar neste jogo uma fonte de inspiração.

A campanha de crowdfunding já conta com mais de 250 mil dólares (cerca de 220 mil euros), ou seja, mais de 1000% do valor ambicionado — 17 mil dólares. O montante vai ser utilizado para comprar uma impressora de madeira e uma lixa para manufacturar o primeiro lote de jogos, encomendar as primeiras 100 caixas e pagar os 28 retratos, refere a criadora no site.

O jogo custa 65 euros e vai estar disponível para entrega em Fevereiro de 2019. Há pacotes disponíveis para o Natal, que além do tabuleiro incluem posters e tatuagens. O jogo também pode ser encomendado em diferentes idiomas: além da versão inglesa, está disponível em espanhol, francês, italiano, alemão e polaco.