Na terra do "ouro branco", as pedras pregam partidas

O mármore corre nas veias dos habitantes de Borba e Vila Viçosa: não há quem não tenha um parente que trabalha ou trabalhou numa pedreira.

O mármore corre nas veias dos habitantes de Borba e Vila Viçosa: não há quem não tenha um parente que trabalha ou trabalhou numa pedreira. A indústria cria muitos empregos na região, embora já tenha criado mais. Também já deu mais desgostos, que foram diminuindo com a evolução da tecnologia usada na extracção desta pedra.

Talvez por isso, muitos foram apanhados de surpresa quando um deslizamento de terras na antiga estrada Nacional 255 matou dois operários de uma pedreira. As autoridades acreditam que ainda há mais três pessoas debaixo daqueles escombros, mas ainda não foi possível localizá-las. É uma terra à espera de poder fazer o seu luto.

Leia a reportagem na íntegra

Sugerir correcção