Santander vai ter novo presidente a partir de Janeiro

António Vieira Monteiro vai passar para o cargo de presidente do conselho de administração, deixando a liderança executiva a Pedro Castro e Almeida.

Vieira Monteiro na apresentação das contas trimestrais do banco, na passada quarta-feira
Foto
Vieira Monteiro na apresentação das contas trimestrais do banco, na passada quarta-feira Tiago Petinga/Lusa

O Santander vai ter novo líder executivo a partir de Janeiro. António Vieira Monteiro, que estava no cargo desde 2012, passará a liderar o conselho de administração do banco, cedendo o cargo de presidente executivo a Pedro Castro e Almeida. A notícia foi avançada pelo Jornal de Negócios e confirmada ao PÚBLICO por fonte oficial do Santander.

António Vieira Monteiro, que era administrador do Santander Totta, passou a liderar o banco quando Nuno Amado saiu para o Millennium BCP. Agora, aos 72 anos, cede o lugar a Pedro Castro e Almeida que, segundo o Jornal de Negócios, integrou as equipas executivas presididas quer por Amado, quer por Vieira Monteiro.

Neste momento, Castro e Almeida é o membro da comissão executiva do Santander responsável pela rede de empresas e negócio internacional, cabendo-lhe também a gestão de activos e seguros. O jornal refere que Castro e Almeida esteve ligado ao dossiê dos swap, produtos sobre os quais era responsável desde 2008.

Foi na liderança de Vieira Monteiro que o Santander venceu o litígio com o Estado em torno destes contratos polémicos.