Torne-se perito

Detidas 20 pessoas por suspeitas de jogo ilícito, apostas online e desportivas

A GNR adianta que cerca de 100 pessoas exploram ilicitamente jogo e apostas online "que pelo menos desde 2015 levam a cabo a actividade delituosa em Portugal, no Luxemburgo, na Suíça, na França, na Bélgica, no Brasil e em Moçambique"

Foto
NEG NELSON GARRIDO

A GNR deteve 20 pessoas, 19 em Portugal e uma no Luxemburgo, por suspeitas de envolvimento na exploração ilícita de jogo e de apostas online e desportivas, após uma operação policial nesta terça-feira e nesta quarta-feira.

Segundo uma nota colocada na página do Ministério Público da comarca de Setúbal, foram realizadas "buscas e detenções em todo o território nacional bem como no Luxemburgo, no âmbito de uma investigação à exploração ilícita de jogo, de apostas online e de apostas desportivas à cota (aposta na probabilidade de um resultado) de base territorial (apostas associadas a um país ou território) ".

A mesma nota adianta que cerca de 100 pessoas exploram ilicitamente jogo e apostas online "que pelo menos desde 2015 levam a cabo a actividade delituosa em Portugal, no Luxemburgo, na Suíça, na França, na Bélgica, no Brasil e em Moçambique" e que as autoridades desligaram os servidores de Internet no Luxemburgo.

Os 19 detidos em Portugal vão agora ser presentes ao Juiz de Instrução Criminal de Setúbal e o detido no Luxemburgo a um juiz daquele país.

A operação nacional foi efectuada por elementos da Unidade Local de Santiago do Cacém da Comarca de Setúbal, com os Núcleos de Investigação Criminal de Santiago do Cacém e de Setúbal da GNR e ainda com a Unidade de Acção Fiscal de Évora da GNR, tendo a Europol e a Eurojust coordenado internacionalmente as buscas e detenções.

Sugerir correcção