Rihanna e Axl Rose não querem que Trump use as suas canções nos comícios

A canção Sweet Child O' Mine, dos Gun N'Roses foi usada num comício e a Don't Stop the Music de Rihanna noutro.

Foto
Reuters/GONZALO FUENTES

A canção Sweet Child O' Mine, dos Gun N'Roses foi usada num comício e a Don't Stop the Music de Rihanna noutro. Em ambos, Donald Trump participou. Nem Axl Rose, nem Rihanna gostaram e já vieram dizê-lo publicamente, afirmando que não autorizam o uso das suas canções nos comícios republicanos para as eleições do meio do mandato, as intercalares, que acontecem nesta terça-feira.

Neste domingo, depois de o correspondente do Washington Post na Casa Branca, Philip Rucker, ter escrito no Twitter que a canção de Rihanna passava num comício em Chattanoog, no Tennessee, a cantora respondeu, na mesma rede social, dizendo que as suas músicas não tocariam por muito mais tempo e classificou os comícios de Trump como "tristes".

Por seu lado, Axl Rose acha "irónico" que tendo, desde sempre, mostrado que é contra Trump – chegou a declarar, depois da eleição do republicano, que o país não tinha Presidente –, utilizem as suas músicas nos comícios.