Foto

Quem Pode, Pod: My Dad Wrote a Porno

Não sabes o que ouvir? Este é um dos podcasts que estamos a seguir.

O que farias se o teu pai, aos 60 e picos, decidisse escrever uma novela erótica? Terias, grosso modo, duas hipóteses. Tentar eliminar esse facto da tua mente, recusando reconhecer qualquer talento literário (e não só) ao patriarca; ou convidar dois amigos e ler a obra, de fio a pavio, frente a um microfone.

Bendita a hora que Jamie Morton optou pela segunda. Desde 2015 que a criatividade de Rocky Flinstone (o apropriado alter-ego do autor) inspira o podcast My Dad Wrote a Porno, em que o escritor e realizador inglês se junta aos cúmplices Alice Levine e James Cooper para, entre espirituosos comentários, contar ao mundo as aventuras sexuais — e empresariais — de Belinda Blumenthal, a jovem directora internacional de vendas da empresa Steeles Pots & Pans. (Anti-)Erótico q.b., mas sobretudo desconcertante e hilariante. Entretenimento de ir às lágrimas. 

A quarta temporada, que corresponde ao livro Belinda Blinked 4, arrancou em Agosto e, em breve, poderá estar nos nossos ecrãs. O sucesso do podcast foi tanto que já passou para os palcos (o trio tem feito espectáculos ao vivo) e captou a atenção da HBO: está prometido um especial de comédia para 2019. A hashtag #pornoday há-de ganhar ainda mais seguidores.

Aqui fica o primeiro episódio para apimentar o ambiente.