O iPad deixou cair a ficha. Conheça as novidades da Apple

A Apple apresentou esta tarde novos iPad, MacBook Air e Mac mini. Uma das novidades técnicas do iPad Pro pode ser mais que apenas um detalhe. As actualizações dos sistemas operativos iOS, macOS, WatchOS e tvOS já estão disponíveis.

Fotogaleria
Os novos iPad estão disponíveis nas versões de 11 e 12.9 polegadas. LUSA/JUSTIN LANE
Fotogaleria
O novo MacBook Air perdeu peso e volume, mas ganhou funcionalidades do modelo Pro. LUSA/JUSTIN LANE
Fotogaleria
O novo iPad Pro acoplado ao teclado, uma configuração capaz de substituir o computador portátil num grande número de tarefas. Reuters/SHANNON STAPLETON
Fotogaleria
Tim Cook foi muito bem recebido no evento em Nova Iorque. As apresentações da Apple acontecem quase sempre na Califórnia. LUSA/JUSTIN LANE

A Apple apresentou esta terça-feira, na Brooklyn Academy of Music em Nova Iorque (EUA), uma nova gama de produtos, a tempo de chegar como, é habitual, às lojas antes do Natal. Os rumores já haviam deixado algumas pistas sobre o que foi hoje dado a conhecer, com destaque para algo que é mais do que um detalhe: os novos iPad abandonam a ficha Lightning conhecida do iPhone, para passar a utilizar o novo standard da indústria: o USB-C.

MacBook Air

Alguns rumores não davam por absolutamente garantida a continuidade do computador low cost da Apple, mas foi por aí que começou a apresentação. O novo Air tem 13.3 polegadas, é menos volumoso, mais fino e mais leve que o antecessor, e incorpora elementos até aqui exclusivos do MacBook Pro, como o ecrã Retina (com 4 milhões de píxeis), tecnologia Touch ID (que permite desbloquear o computador com a impressão digital) e ligações Thunderbolt 3 (USB-C), para transferência de dados e carregamento.

O corpo é feito de alumínio 100% reciclável e, esteticamente, as imagens sugerem uma máquina algures entre o MacBook Pro e o MacBook, o modelo superfino e leve sobre o qual não foram conhecidas novidades. Em Portugal, o preço começa nos 1379 euros e estará disponível a partir de dia 7 de Novembro. Mais detalhes aqui.

Mac mini

O Mac mini não era actualizado há quatro anos, daí que fosse elevada a expectativa relativamente ao modelo mais “barato” dos computadores desktop da Apple. Conhecido e apreciado pela versatilidade, o Mac mini aposta na velocidade e capacidade de processamento, com possibilidades de expansão interessantes. De processadores com 6 núcleos a 64GB de memória RAM, são várias as configurações disponíveis. Encontra mais detalhes técnicos neste link.

Os novos Mac mini estarão disponíveis no mercado português na próxima semana, a partir de 919 euros.

iPad Pro

O mercado dos tablets continua em queda, mas os iPad continuam a ser os mais vendidos, com a Apple a procurar encontrar soluções para justificar o modelo, tornando-o num aparelho virado para a produtividade. E com sucesso, já que o iPad (bem como outros tablets de outras marcas) é capaz de substituir o computador na maioria das actividades do dia-a-dia.

O novo iPad Pro perdeu o botão Home e adoptou a tecnologia de reconhecimento fácil (Face ID) introduzida no iPhone X, no ano passado. Sem o botão o iPad ganha mais espaço para o novo ecrã Retina, agora com 11 e 12.9 polegadas. O iPad Pro importa do iPhone Xs o chip A12 Bionic, um dos processadores mais potentes do mercado para esta categoria de produtos.

Mas talvez um dos detalhes mais relevantes é a adopção do USB-C nos novos iPad Pro. Esta ficha permite a ligação do tablet a periféricos de alta performance (tais como monitores 5K) e, tirando proveito da capacidade da bateria, permite utilizar o iPad como fonte de energia para carregar o iPhone. A mudança da ficha Lightning, propriedade da Apple, para o protocolo USB-C, o novo standard da indústria, está em sintonia com a intenção da União Europeia de unificar os sistemas de carregamento dos telemóveis. Não terá sido esse o argumento da mudança, mas fica no ar a adopção desta tecnologia no iPhone de 2019.

Mais novidades: o adaptador de carga é de 18W, ao contrário do anterior, que tinha 12W, o que permite um carregamento mais rápido; e a caneta digital que acompanha o iPad Pro, o Apple Pencil, tem agora carregamento sem fios.

Os novos iPad Pro estarão disponíveis em Portugal na próxima semana, com preços a partir dos 909 euros na versão de 11 polegadas e 1129 euros na versão de 12.9 polegadas. Encontra mais detalhes nesta página.