Diplomacia

O Brasil de Bolsonaro quer ser o melhor amigo de Trump

Política externa brasileira vai sofrer várias inflexões com o novo Presidente. Aproximação aos EUA e a Israel serão alterações de peso. Arquitectura das alianças da América do Sul vai sofrer desvio à direita.