Brasil

Com Bolsonaro, o risco não é de golpe, é de erosão da democracia

A eleição de um Presidente de extrema-direita não é o primeiro sinal de degradação democrática no maior país da América do Sul. Mas pode levar a uma grande aceleração negativa.