Sérgio Conceição: "A classificação não nos pode deixar confortáveis"

Treinador do FC Porto alerta para a qualidade do Lokomotiv Moscovo

Foto
Reuters/LEON KUEGELER

Um conhecimento profundo do adversário e a certeza de que a classificação do Grupo D ad Liga dos Campeões, com duas jornadas disputadas, pouco ou nada vale para o embate de quarta-feira, diante do Lokomotiv Moscovo. Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, alerta para a qualidade dos russos e exige uma equipa 100% concentrada para consolidar a liderança.

"Nós conhecemos bem a equipa do Lokomotiv e estamos preparados para uma dinâmica interessante, com uma referência forte na frente, trocas posicionais no meio-campo ofensivo, a profundidade do lateral direito, estamos preparados para essas características. Acho que olhar para este jogo em função da classificação é errado e isso não nos pode deixar confortáveis", assinalou, em conferência de imprensa, o técnico dos "dragões", que na jornada anterior bateram o Galatasaray.

Sem Soares (não está inscrito) e sem Aboubakar (lesionado), Sérgio Conceição lembra que é obrigação do treinador "encontrar soluções" e reconhece que a velocidade de jogadores como Marega, Corona, Hernâni e Brahimi pode ser determinante para atacar o último terço. Até porque a chuva que cai em Moscovo permite antecipar um relvado rápido, ainda que o técnico desvalorize a influência das condições meteorológicas na partida: "Mesmo com tempo seco, as equipas normalmente mandam regar o relvado minutos antes. Acho que isso não modifica nada. Se houvesse neve era diferente, agora a chuva acho que não muda nada".

A qualidade do Lokomotiv, actual quarto classificado (com os mesmos pontos do sétimo) da Liga russa, é também destacada por Maxi Pereira. "É uma equipa com jogadores de muito nível, que gosta de jogar, mas nós vimos preparados e vamos aplicar a estratégia que preparámos nestes dias. Sabemos que temos de estar concentrados defensivamente e ser inteligentes", salvaguardou.