Torne-se perito

Guillermo del Toro vai realizar nova versão de Pinóquio para a Netflix

O filme de animação será realizado com recurso à tecnologia stop motion e marca a estreia do realizador mexicano neste tipo de produções.

Foto
O realizador foi distinguido este ano pela Academia com o filme A Forma da Água LUSA/ETTORE FERRARI

Guillermo del Toro viu finalmente a luz verde pela qual esperava há anos. O realizador mexicano irá produzir e realizar uma versão animada em stop motion da história de Pinóquio. A produção será financiada pelo Netflix e marca a estreia do cineasta na realização de filmes de animação.

“Nenhuma expressão artística influenciou mais a minha vida e o meu trabalho do que os filmes animados e não há nenhuma personagem com quem eu tenha uma ligação pessoal tão forte como o Pinóquio”, afirmou o vencedor do Óscar de Melhor Realizador e Melhor Filme com A Forma da Água.

O filme será baseado no romance 1883 As Aventuras de Pinóquio, de Carlo Collodi, mas a acção decorre em Itália, durante os anos 30, época em que em que o fascismo de Benito Mussolini se consolidava no país.

“Na nossa história, Pinóquio é uma alma inocente com um pai desinteressado, que se perde num mundo que não consegue compreender”, explica o realizador mexicano, distinguindo a sua versão da adaptação feita pela Disney em 1940.

Pinóquio “embarca numa aventura extraordinária que o faz perceber o pai e o mundo”, continua o realizador.

A nova produção do realizador irá expandir a relação de del Toro com o Netflix, que já incluía a série de animação Os Caçadores de Trolls, vencedora de um Emmy.

Em reacção ao anúncio, a vice-presidente da Netflix para a área de conteúdos para crianças e famílias, Melissa Cobb, elogiou a “notável carreira” do realizador, dizendo que este “mostrou saber inspirar as pessoas através dos seus mundos mágicos, cheios de personagens inesquecíveis e magníficas”.

Cobb fala de uma “visão profundamente tocante” de Pinóquio que, acredita, “será recebida de braços abertos pelas pessoas em todo o mundo”.

A produção do filme, cujo guião também é escrito pelo mexicano, deverá arrancar ainda durante o Outono deste ano. A produção conta com a colaboração do escritor e director de criação da série animada Adventure Time do Cartoon Network, Patrick McHale.

O Netflix está a investir no entretenimento infantil, numa altura em que a rival Disney se prepara para lançar o seu próprio serviço de streaming — que deverá ser mais barato que o Netflix. A plataforma foi anunciada há mais de um ano, e vai ser centralizar filmes e séries da Disney, da Marvel, do universo Star Wars e da Pixar.

Sugerir correcção