Um ano depois dos incêndios

O “momento zero” do Pinhal de Leiria

Há um ano arderam 9476 dos 11 mil hectares do Pinhal de Leiria. Cerca de 500 foram reflorestados por voluntários. Dois terços da madeira que pode ser vendida está por cortar. E no meio de um cemitério de árvores hirtas, um homem que viu o pinhal arder, como se lhe tivesse ardido a casa, apela à “coragem para fazer o resto”.