Palcos da semana

Entre psicadélicos e exploradores, há festa no museu, no cinema e num palco arruinado.

Foto
MAAT no dia da inauguração, 5 de Abril de 2016 Enric Vives-Rubio

Arte
Um museu, dois anos, três exposições

Com o segundo aniversário à porta, o MAAT - Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia aproveita não só o dia de festa, 5 de Outubro, como o fim-de-semana (alargado) para o celebrar com uma série de actividades gratuitas. No convite está um percurso guiado pela Central Tejo, um ciclo de curtas-metragens sobre arquitectura contemporânea, uma oficina para crianças e várias visitas especiais. Nestas inclui-se Over Flow, uma instalação imersiva de Tadashi Kawamata, artista japonês radicado em Paris, sobre turismo e ecologia. É uma das três exposições inauguradas simultaneamente a 5 de Outubro. As outras são Elefante, com fotografia e vídeo de André Príncipe, e Artists' Film International 2018, que resulta da participação do MAAT num programa internacional em que 16 instituições seleccionam um trabalho de um artista local para ser exibido por todos os membros, este ano sob o tema Verdade. Depois deste open weekend, ficam patentes até 1 de Abril, 31 de Dezembro e 22 de Abril, respectivamente, das 11h às 19h (excepto terça), com entrada a 5€.

LISBOA MAAT - Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia
De 5 a 7 de Outubro.
Grátis

 

PÚBLICO -
Foto
DR

Música
Acid vezes três

O colectivo Acid Mothers Temple é um dos mais representativos e profícuos do rock psicadélico nipónico. Depois da passagem pelo Out.Fest, em 2016, a banda de Kawabata Makoto volta para dois concertos em nome próprio e outro integrado na Braga Music Week, ao embalo da Electric Dream Ecstasy Tour – já sem Mitsuru Tabata à guitarra, que saiu da banda no ano passado, e com um recém-recrutado vocalista-guitarrista, Jyonson Tsu.

COIMBRA Salão Brazil
Dia 2 de Outubro, às 22h.
Bilhetes a 10€

LISBOA MusicBox
Dia 3 de Outubro, às 22h30.
Bilhetes a 12€

BRAGA GNRation
Dia 4 de Outubro, às 23h.
Bilhetes a 7€

 

PÚBLICO -
Foto
Vassilis Makris

Teatro
As memórias também se abatem

O cenário é pós-apocalíptico e ao mesmo tempo pré-festivo. Três homens e três mulheres engalanados, num salão de baile em ruínas, desfiam memórias de uma Europa perdida para a guerra. Têm menos vontade de ensaiar um mundo novo e mais de se entregarem a danças melancólicas, bizarras e até certo ponto competitivas... É este o enredo de Late Night, a peça com que a companhia grega Blitz Theatre Group regressa a Portugal, depois de, em 2016, ter trazido um manifesto sobre a fuga chamado 6 A.M. How To Disappear Completely.

PORTO Teatro Rivoli
Dia 4 de Outubro, às 21h.
Bilhetes a 10€

 

PÚBLICO -
Foto
Jean-Paul Rappeneau na rodagem de Que Famílias! (2015) DR

Cinema
Cyrano para abrir a festa

A exibição da versão restaurada de Cyrano de Bergerac na abertura da Festa do Cinema Francês apresenta o padrinho escolhido para esta 19.ª edição: Jean-Paul Rappeneau. O veterano realizador francês, de 86 anos, estará em Lisboa para acompanhar essa e mais quatro sessões de obras suas: Escândalo no Castelo, Meu Irresistível Selvagem, Boa Viagem e Que Famílias!. Outro cineasta em destaque será Henri-Georges Clouzot, alvo de uma retrospectiva. Ao longo do certame, serão mostrados 40 filmes no total – mais de metade em antestreia –, com encerramento a cargo de Em Guerra, de Stéphane Brizé. Depois de Lisboa, a festa continua até 11 de Novembro em dez outras cidades: Almada, Aveiro, Beja, Coimbra, Faro, Leiria, Porto, Seixal, Setúbal e Viana do Castelo.

LISBOA Cinema São Jorge, Cinemas UCI El Corte Inglés e Cinemateca
De 4 de Outubro a 14 de Outubro. 
Bilhetes de 3€ a 3,50€

 

PÚBLICO -
Foto
Lotic Matt Lambert

Música
Exploradores ao Barreiro

Vladimir Tarasov toca percussão a solo, os Telectu regressam ao álbum Belzebu, Rafael Toral faz um passeio ilustrado por Moon Field, a dupla Group A promove noise minimal, HHY & The Macumbas espalha dub-vudu cósmico, Linn da Quebrada traz afro-funk-vogue activista, Lea Bertucci trabalha acústicas e ressonâncias, Lotic (J'Kerian Morgan), faz-se ouvir com Power, Mick Harris (aka Fret) mostra batidas-mestras, Ricardo Rocha desbrava a guitarra portuguesa… Estes são alguns dos momentos alinhados para a 15.ª edição do Out.Fest, o festival que invade vários espaços do Barreiro com música exploratória em frentes múltiplas. Só não vale não transgredir.

BARREIRO Vários locais
Dias 5 e 6 de Outubro.
Bilhetes a 10€ (dia 5), 15€ (dia 6) e 20€ (passe)