“Nani teve um comportamento reprovável”, diz José Peseiro

O treinador do Sporting diz que cabe agora ao jogador mostrar que esse comportamento “não passou de um equívoco”.

Foto
José Peseiro LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

O treinador do Sporting afirmou nesta sexta-feira que o comportamento de Nani durante a última partida dos "leões" contra o Sp. Braga foi "inadequado e reprovável", mas mostrou-se esperançoso que o internacional português e capitão do Sporting mostre que a atitude não passou de um equívoco.

José Peseiro comentava em conferência de impressa a reacção do internacional português, quando reagiu mal à substituição no encontro perdido pelo Sporting (1-0), diante do Sporting de Braga, na segunda-feira, em jogo da quinta jornada da I Liga.

"O Nani teve um comportamento inadequado e reprovável e que ele próprio reconheceu perante o grupo. [O comportamento] Vai contra os nossos princípios", afirmou por referir o técnico 'leonino', acrescentando: "Cabe agora ao Nani mostrar a todos nós que este comportamento não passou de um equívoco, pelo seu trajecto de topo e pelo aquilo que deu ao futebol português".

Peseiro reforçou ainda a sua resposta esperando que situação similar "não se repita", lembrando que Nani, assim como todos os outros jogadores do plantel, acarretam "responsabilidade e princípios" ao jogar com as cores "leoninas".

Contudo, questionado mais do que uma vez se o até agora capitão de equipa continuará a usar a braçadeira, Peseiro recusou-se a responder, não querendo igualmente confirmar se o extremo irá jogar de início na recepção ao Marítimo, no sábado.

Quanto ao encontro da sexta jornada da I Liga, para o técnico, a equipa madeirense será um adversário a ter em conta. "Vamos fazer de tudo para conseguir a vitória. São uma equipa boa, tem os mesmos pontos que nós e estão a fazer um bom início de época. Temos de jogar bem, ter sentido de responsabilidade e colocar tudo em campo. Estamos preparados para vencer", analisou.

Por fim, fez um balanço dos três meses de trabalho no comando da equipa, que considera ser positivo, mas que ainda pode melhorar e crescer.

"[O Sporting] Cresceu dentro daquilo que estava previsto. Eu próprio já foquei [os jogadores] sobre o que é o nosso caminho. Sabemos o ponto em que estamos e onde queremos chegar, porque podemos evoluir e temos potencial e qualidade. Temos feito coisas boas e queremos fazer melhor", concluiu.

No sábado, Sporting e Marítimo, ambos no quarto lugar da classificação, com 10 pontos, defrontam-se no Estádio José Alvalade, em Lisboa, pelas 21h00, em encontro da sexta jornada do campeonato.