Real Madrid no topo da Liga espanhola com aval do VAR

Golo do triunfo sobre o Espanyol precisou da avaliação do videoárbitro.

Foto
Reuters/SUSANA VERA

Pelo menos até domingo à noite, quando o Barcelona entrar em campo para defrontar o Girona, o Real Madrid poderá gozar o estatuto de líder da Liga espanhola. Tudo porque neste sábado, em pleno Santiago Bernabéu, conseguiu uma vitória magra (1-0) sobre o Espanyol que lhe confere, provisoriamente, uma vantagem de um ponto sobre o rival.

Julen Lopetegui usou opções secundárias nas laterais (Odriozola e Nacho) e deixou Gareth Bale no banco, em semana de ressaca da Liga dos Campeões. Os “merengues” arrecadaram muita posse de bola, à imagem das equipas orientadas pelo basco, mas os primeiros lances de verdadeiro perigo surgiram em transições ofensivas dos catalães, que só não marcaram aos 36’ porque Courtois travou o remate de Hernan Pérez.

#HalaMadrid pic.twitter.com/cXRNBYo55G

— Real Madrid C.F. (@realmadrid) 22 de setembro de 2018

O único golo do encontro surgiria cinco minutos depois, mas precisaria de validação do videoárbitro. Modric tentou o remate, a bola foi na direcção de Asensio, que estava em posição irregular, mas pelo meio foi desviada por dois defesas do Espanyol. O extremo espanhol rematou cruzado, com precisão, e garantiu o triunfo aos madrilenos.

A outra equipa de Madrid, o Atlético, teve uma jornada relativamente tranquila. Venceu, fora de casa, um Getafe (autogolo de David Soria e golo de Thomas Lemar) que na segunda parte ficou reduzido a dez unidades e ocupa agora o quinto lugar, com os mesmos oito pontos do quarto, o Celta de Vigo.