Furacões

Furacão Helene pode atingir sete ilhas dos Açores como tempestade tropical

Poderá atingir os grupos Ocidental e Central do arquipélago.
Foto
NASA

O furacão Helene deverá chegar aos Açores no sábado como tempestade tropical e poderá atingir os grupos Ocidental e Central do arquipélago, segundo uma nota divulgada esta quarta-feira pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Num comunicado, emitido de manhã, o IPMA adianta que o ciclone está a deslocar-se "a cerca de 20 quilómetros por hora, devendo a sua trajectória inflectir para norte no decorrer do dia".

"Está ainda previsto para o final da semana um posterior desvio da sua trajectória em direcção a nordeste, bem como um aumento da sua velocidade de deslocamento", acrescenta o IPMA, indicando ser possível que "a sua trajectória intersecte a região dos Açores que inclui os grupos Ocidental (Flores e Corvo) e Central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial) a partir de sábado".

O ciclone era às 9h locais desta quarta-feira (mais uma hora em Lisboa), classificado como furacão de categoria 2, com vento máximo de 150 quilómetros por hora.

"É provável que a sua intensidade diminua devido ao seu deslocamento para águas mais frias e, nas próximas 36 horas, se torne tempestade tropical", explica ainda o comunicado do IPMA.