Encontrado corpo de pescador desaparecido em albufeira de Castelo Branco

Durante uma semana as autoridades mantiveram operações de busca diárias.

Foto
daniel rocha

O corpo do homem que estava desaparecido desde o dia 2 na albufeira de Santa Águeda, em Castelo Branco, foi encontrado ao final da tarde de sábado por um habitante local, disse nesta segunda-feira à agência Lusa fonte da GNR.

"O corpo foi encontrado ao final do dia de sábado na albufeira por um popular que comunicou a situação à GNR", explicou fonte do Comando Territorial de Castelo Branco da GNR.

O homem, de 51 anos, estava desaparecido desde a madrugada do dia 2, depois de se ter deslocado para a albufeira de Santa Águeda, em Castelo Branco, onde pescava utilizando para o efeito um caiaque.

Durante uma semana, as autoridades mantiveram operações de busca diárias quer no espelho de água da albufeira, quer nos terrenos limítrofes, sem que tivesse havido sucesso.

Segundo a GNR, confirma-se que o corpo que apareceu junto a uma margem da albufeira de Santa Águeda é efectivamente do pescador de 51 anos, residente em Tinalhas, Castelo Branco.

"O corpo foi transportado para a delegação de Castelo Branco do Gabinete Médico-Legal e identificado por um familiar", concluiu.