Marselha punido com dois jogos à porta fechada na Liga Europa

Comportamento dos adeptos mais uma vez na mira da UEFA.

Foto
Reuters/ERIC GAILLARD

 A UEFA divulgou a decisão do seu Comité de Recurso de penalizar o Marselha com dois jogos à porta fechada, por causa dos incidentes reiteradamente registados nos últimos jogos da Liga Europa na época passada.

Em causa está a final de 16 de Maio, disputada pelo clube francês com o Atlético de Madrid, em que perdeu por 3-0, mas também as meias-finais contra o Salzburgo e um dos jogos dos quartos-de-final, diante do Leipzig.

Distúrbios dos adeptos, dano, utilização de pirotecnia, arremesso de objectos e mesmo atraso no pontapé de saída estão entre os factos apontados pelo organismo.

Para o clube em que compete o português Rolando, isto significa receber já o Eintracht Frankfurt de bancadas vazias, no arranque da fase de grupos da Liga Europa.

Além desses dois jogos, o Marselha fica ainda com outros dois de pena suspensa por dois anos. Deve ainda pagar 100 mil euros de multa e terá de contactar o Lyon, dono do estádio em que a final se disputou, para indemnizar os danos causados.