França

França vai gastar 3,6 mil milhões de euros para renovar satélites militares

Medida surge dias depois de ser revelada uma tentativa de espionagem russa.
Foto
Florence Parly disse ainda que o Governo estava a avaliar a construção de um ou dois porta-aviões PETER SCHNEIDER/EPA/Lusa

A França vai investir 3,6 mil milhões de euros para renovar e melhorar os satélites militares com o objectivo de proteger a rede de tentativas de espionagem, disse neste domingo Florence Parly, ministra da Defesa francesa.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

“Vamos instalar câmaras de vigilância nos nossos satélites para podermos saber quem está a aproximar-se de nós”, disse a ministra ao canal de televisão francês CNews.

Na sexta-feira, Florence Parly tinha revelado que a França detectou em 2017 tentativas feitas pela Rússia de interceptar transmissões de um satélite militar usado pelas forças armadas da França e da Itália.

O investimento francês surge semanas depois de o Presidente norte-americano Donald Trump ter anunciado um plano para criar em 2020 uma “Força Espacial”, um novo ramo do exército norte-americano.

A ministra da Defesa disse ainda que o Governo estava a avaliar a construção de um ou dois porta-aviões.