Golfe

Portugal termina Mundial na Irlanda em 35.º

Pedro Lencart bem puxou pela equipa mas selecção ficou-se pelo meio da tabela
Foto
A seleção nacional com os atletas Vítor Lopes, Pedro Lencart e Afonso Girão, o selecionador nacional Nelson Ribeiro, o capitão Manuel Quinta e o presidente da FPG Miguel Franco de Sousa

Chegou neste sábado ao fim mais uma edição do Campeonato do Mundo Amador por Equipas Homens, com a Dinamarca a arrebatar o Troféu Eisenhower sucedendo à Austrália na lista dos vencedores desta máxima competição bienal que decorreu nos campos Montgomerie e O’Meara do Carton House Resort, perto de Dublin, na Irlanda. 

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Entre 72 países presentes, Portugal, com os atletas Pedro Lencart, Vítor Lopes e Afonso Girão, começou muito bem, a fazer parte dos 7.ºs após a primeira volta, mas viria a terminar no 35.º lugar empatado com a Islândia, ambos com 573 pancadas, 7 abaixo do Par. A campeã Dinamarca somou 541 (-39) ganhando pela margem mínima aos EUA e o bronze foi para Espanha com 544 (-36). 

No habitual formato de jogo em que se somam diariamente os dois melhores resultados de cada trio, Pedro Lencart esteve em bom nível, terminando com um total de 281 (67-70-73-71), 9 abaixo do Par, e nos 41.ºs na classificação individual oficiosa entre os mais de 200 atletas presentes. Vítor Lopes registou 294 (72-78-70-74) e Afonso Girão 298 (71-79-75-73). 

O melhor a nível individual foi o espanhol Alexandre Del Rey, com 267 (-23), seguido do japonês Takumi Kanaya (268). 

Além dos atletas, a comitiva portuguesa integrou o selecionador nacional Nelson Ribeiro e o capitão Manuel Quinta, vice-presidente da FPG, que comentou ao Gabinete de Imprensa da FPG: "A classificação ficou aquém dos objetivos definidos para esta semana. A equipa começou bem, mas não conseguiu manter a estratégia no segundo dia de jogo, o que acabou por marcar a prestação final. O resultado de -7 não reflete o verdadeiro potencial dos três jogadores que representaram Portugal com grande entrega, num dos melhores mundiais de sempre em termos de resultados.” 

O presidente da FPG, Miguel Franco de Sousa, juntou-se à comitiva para a jornada de encerramento.

 

Veja mais em www.golftattoo.com