Miguel Oliveira segundo classificado no GP de São Marino

O piloto português concluiu a prova atrás do italiano Francesco Bagnaia, líder do campeonato de Moto2.

Foto
Reuters/MAX ROSSI

O piloto português Miguel Oliveira terminou neste domingo no segundo lugar o Grande Prémio de São Marino de Moto2, em Misano, e ficou a oito pontos do italiano Francesco Bagnaia, que somou o sexto triunfo, em 12 corridas.

O piloto da KTM, que partiu da nona posição, era já quinto na segunda curva da corrida, enquanto Francesco Bagnaia (Kalex), que partiu da 'pole', abriu rapidamente uma vantagem na frente que lhe garantiu uma prova livre de percalços até ao fim.

Já o português, foi recuperando posições até ao segundo lugar, que atingiu na 18.ª das 25 voltas da corrida, aguentando o ataque do alemão Marcel Schrotter na derradeira volta, para terminar a 3.108 segundos do vencedor. Foi o terceiro pódio consecutivo para o português, depois da vitória na República Checa e do segundo lugar na Áustria, e o oitavo da temporada.

"Sabíamos que seria difícil bater o Peco (Francesco Bagnaia). Dei o meu melhor. O nosso ritmo era muito semelhante, mas ele talvez fosse uns décimos mais rápido", analisou Miguel Oliveira, no final da corrida.

O português explicou que "nas primeiras voltas" não conseguiu "acompanhar o ritmo".
"Mas, estou no pódio, minimizei as perdas do campeonato. Ainda será um longo caminho. Serão boas corridas para nós e acredito que voltaremos ao lugar a que pertencemos", finalizou.

Miguel Oliveira é segundo no campeonato do mundo de Moto2, com 206 pontos, e a oito de Francesco Bagnaia, com quem vai discutir o título. O terceiro, Brad Binder, tem apenas 119 pontos.

A próxima corrida do Mundial de Moto2 disputa-se dentro de duas semanas, no circuito espanhol de Aragão.