A Espanha de Luis Enrique entrou a ganhar

Triunfo foi obtido em Wembley na 1.ª jornada do Grupo 4 da Liga A.

Foto
Reuters/TOBY MELVILLE

O resultado ficou fechado ainda no primeiro tempo: Espanha venceu, no Estádio de Wembley, a selecção de Inglaterra (1-2) na 1.ª jornada do Grupo 4 da Liga A da Liga das Nações. Foi o primeiro encontro de Luis Enrique enquanto seleccionador e foi uma estreia positiva.

Inglaterra entrou melhor e inaugurou o marcador aos 11', por Marcus Rashford, a desviar à boca da baliza um cruzamento perfeito de Luke Shaw. Só que os anfitriões mal tiveram tempo de saborear a vantagem, porque, dois minutos volvidos, chegou o empate. Carvajal desequilibrou pela direita, solicitou Rodrigo, que ganhou a linha de fundo e cruzou atrasado. No sítio certo, Saúl Ñíguez finalizou.

Com um futebol apoiado, Espanha soube também reagir sem bola para impedir a transição ofensiva britânica, muito vertical e feita normalmente de dois ou três passes. E o golo da reviravolta chegou aos 32', numa bola parada. Livre indirecto, Rodrigo rompe a marcação da última linha e conclui com facilidade, ao primeiro poste.

Foi também de bola parada que Inglaterra colocou De Gea em apuros, e em ambos os casos de cabeça - primeiro por Rashford, ainda no primeiro tempo, depois por Harry Maguire, que atirou ao lado. Aos 90+6', Danny Welbeck ainda colocou a bola na baliza, mas o lance foi invalidado por falta do avançado sobre o guarda-redes do Manchester United.

Este triunfo permite à selecção espanhola isolar-se, com três pontos, no comando do Grupo 4, estando o próximo encontro marcado já para terça-feira, em Elche, diante da Croácia, a terceira equipa do agrupamento.