Transportes

Municípios do Oeste querem redução do preço dos passes dos transportes públicos

Autarcas dizem que as populações desta região também têm movimentos pendulares com Lisboa.
Foto
vmc Vitor Cid

A Comunidade Intermunicipal do Oeste - OesteCim vai defender junto do Ministério do Ambiente que os 11 municípios da região sejam abrangidos pela redução dos preços dos transportes públicos, foi anunciado nesta quinta-feira.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Reunidos em conselho, os 11 municípios da OesteCim deliberaram nesta quinta-feira enviar um ofício ao ministro do Ambiente, Matos Fernandes, "alertando-o para a necessidade de a redução dos preços dos passes dos transportes públicos abrangerem as populações que têm movimentos pendulares com Lisboa", disse Pedro Folgado à agência Lusa.

Para o presidente da Oestecim, "não seria muito justo que as populações da Área Metropolitana de Lisboa (AML) fossem beneficiadas com essa redução e os habitantes destes concelhos, que se deslocam diariamente para Lisboa para trabalhar ou estudar, fossem prejudicados ao não serem abrangidos", acrescentou.

A questão vai ser abordada na próxima semana numa reunião entre os responsáveis pela AML e pela OesteCim, tendo os onze autarcas dito que vão aguardar "novidades sobre a posição do Governo nesta matéria", disse.

De entre os municípios que integram a OesteCim, a Câmara de Torres Vedras assumiu em comunicado, após a última reunião do executivo, realizada na terça-feira, uma posição favorável a que "os utilizadores dos transportes públicos de passageiros usufruam das mesmas condições que os utilizadores de transportes das áreas metropolitanas".

A OesteCim é composta pelos municípios de Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Óbidos, Nazaré, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.