Artes

Porto recebe primeiro Festival Internacional de Circo

O Festival Internacional de Circo do Porto vai tomar conta da cidade dos dias 13 a 16 de Setembro. Entre os convidados estão companhias estrangeiras e nacionais.
Foto
Paulo Pimenta

O primeiro Festival Internacional de Circo do Porto vai animar as praças e jardins da cidade dos dias 13 a 16 de Setembro. Entre o Coliseu Porto Ageas, o Largo de Santo Ildefonso, a Praça da Batalha, a Praça dos Poveiros ou o Jardim de São Lázaro são mais de 40 as apresentações, todas elas com entrada livre.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Esta iniciativa conta ainda com a participação de 13 companhias, nacionais e estrangeiras, que prepararam outros tantos espectáculos. O Coliseu Porto Ageas serve de palco às apresentações de maior dimensão deste festival.

Speakeasy, da companhia francesa The Rat Pack, estreia o festival, pelas 21h30 de quinta-feira (dia 13) no Coliseu, e conta com os seis performers da companhia para uma mistura de música, cinema, teatro e uma série de acrobacias. O espectáculo repete no dia seguinte pela mesma hora.

O evento continua em francês, com Six Pieds sur Terre, da companhia Lapsus, que começa a exibição no sábado às 21h30 e no domingo às 17h30. Neste espectáculo, que encerra as apresentações em espaço fechado, os espectadores vão poder contar com uma “(des)construção de movimentos mas também de tijolos e até de cascas de ovo”, explica a organização em comunicado.

Guardada para um espaço ao ar livre fica a demonstração do poema visual Le Sourire du Naufragé interpretado por Claire Ducreux, a ter lugar no Jardim de São Lázaro na sexta-feira e no sábado pelas 17h e no domingo às 15h. Neste mesmo “palco” chega a vez de assistir a um espectáculo em 3D, da companhia francesa H.M.G., que tem lugar nos mesmos dias (14 e 15) às 19h e no domingo (16) às 17h.

Também na Praça dos Poveiros vai ser possível provar o sabor do Novo Circo com a actuação Rouge, da companhia Toron Blues, a mais curta do festival. Para ver sexta-feira e sábado às 15h e às 18h, e domingo às 13h e 16h. À mesma praça chega a dupla alemã, recém-formada, de acrobatas de circo contemporâneo. Rosa Wilm e Moritz Böhm compõem Zirkus Morsa e estreiam-se em Portugal com La Fin Demain. Os ingredientes são simples: uma mesa, uma corda, um tubo, um tronco de madeira e muita elasticidade, para uma exibição que vai durar 40 minutos, na sexta-feira, às 12h e às 15h30, e no sábado, às 12h e às 15h15.

Viva Victor, solo de Dieter Missiaen, e Chemins, da companhia Courcirkoui, também vão ter lugar na Praça dos Poveiros nos dias 14, 15 e 16. O primeiro acontece pelas 10h de sexta-feira e sábado e às 11h de domingo. Já o segundo tem lugar apenas na sexta-feira e no sábado pelas 21h30.

O festival continua em português com a companhia Marimbondo a presentear o público com um espectáculo em movimento. A Banda Rumtatá vai fazer um percurso pela cidade e animar quem a segue ou por ela passa ao longo de 30 minutos. O encontro está marcado para as 18h15 de sexta-feira e sábado, e no domingo para as 13h15, com partida da Praça dos Poveiros,

É chegada a vez da Praça da Batalha receber três criações: Mavara, de Chiara Marchese; a magia de Bobby & Moi, da Companhia Poc; e a poesia de Bruit de Couloir, de Clément Dazin. O primeiro inicia às 11h de sexta, sábado e domingo, o segundo às 15h dos dois primeiros dias e às 14h de domingo. Já a última exibição acontece às 19h de sexta e sábado e às 18h de domingo.

O último palco situa-se no Largo de Santo Ildefonso e acolherá Sol Bemol, da companhia belga D’irque & Fien, premiada em Valladolid, Espanha. Para ver a 13 de Setembro às 22h30, a 14 e a 15 às 22h.

Além da componente de espectáculos, o festival também vai integrar a Conferência Internacional “Que futuro para o Circo? Olhares sobre o Circo Contemporâneo”, marcada para sábado, às 11h, na Sala Dois do Coliseu.

O primeiro Festival Internacional de Circo do Porto convidou também o Circo Social, projecto composto por jovens da freguesia do Bonfim que conheceram e aprenderam as artes circenses sob a direcção de Eduardo Dias, que vai estrear o espectáculo Calçada, a ter lugar no Foyer do Coliseu Porto Ageas na quinta, sexta e sábado, às 17h30, e no domingo, às 16h30.

Texto editado por Ana Fernandes