Tráfico de droga

PJ apreende 840 quilos de cocaína escondida num veleiro nos Açores

Foram detidas quatro pessoas suspeitas de pertencerem a uma organização criminosa internacional.
Foto
A droga apreendidafoi avaliada em 35 mil euros Bruno Lisita

A Polícia Judiciária apreendeu aproximadamente 840 quilos de cocaína que estavam a ser transportados numa embarcação de recreio, um veleiro, que fazia a travessia do oceano Atlântico.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

O veleiro, com destino à Europa, vinha das Caraíbas. Foi interceptado no largo dos Açores, na ilha do Faial. Na operação, as autoridades detiveram dois homens e duas mulheres suspeitos de pertencerem a uma organização criminosa que opera na Europa e na América Latina.

O veleiro, que circulava “com bandeira de um país estrangeiro”, foi localizado a navegar ao largo do arquipélago dos Açores, entrando depois na marina da cidade da Horta, na ilha do Faial, onde foi alvo de busca.

Os 840 quilos de cocaína estavam escondidos em “cinco compartimentos especialmente criados na estrutura da embarcação para o transporte de estupefacientes”, conta a Polícia Judiciária. De acordo com uma estimativa da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, a venda dos 840 quilos, se concretizada, iria render, pelo menos, 35 milhões de euros.

Além das 700 placas de droga e da embarcação, foram também apreendidos diversos aparelhos de navegação e comunicação por satélite, bem como telemóveis, tablets, um computador e documentação diversa.

Dois suspeitos em prisão preventiva

Os detidos, todos estrangeiros e com idades compreendidas entre os 21 e os 36 anos de idade, foram presentes a primeiro interrogatório judicial. Dois ficaram em prisão preventiva por se verificarem "os perigos de fuga e de continuação de actividade criminosa", diz a Procuradoria-geral Distrital de Lisboa.

A detenção contou com o apoio de elementos da Polícia Marítima local. A operação resulta de uma investigação iniciada recentemente pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, na sequência de uma colaboração com as autoridades francesas.

Só nos últimos três meses, as várias operações internacionais em curso apreenderam mais de dez toneladas de cocaína. Já em Junho, a Polícia Judiciária tinha apreendido 1400 quilos de cocaína, também na mesma zona dos Açores. Foram detidos três traficantes estrangeiros, também eles com ligação a uma organização criminosa que opera na Europa e América Latina.