Rafael Leão rescinde com o Lille

Em causa estão as dificuldades financeiras do clube que têm atrasado a inscrição do jogador.

Foto

Rafael Leão está perto de se desvincular do Lille, clube da Liga francesa para o qual se transferiu neste mercado de transferências, depois da rescisão unilateral com o Sporting. Ao que o PÚBLICO apurou, o pedido de rescisão do contrato já foi enviado para o organismo que rege a Ligue 1.

Em causa estão as dificuldades do emblema gaulês em inscrever alguns reforços, entre os quais o avançado português. Um problema imposto pelo desequilíbrio orçamental que o Lille atravessa e pelo incumprimento de obrigações financeiras, que levaram a Liga francesa a suspender a inscrição de atletas por tempo indeterminado.

Ora, foi por causa deste impasse que o promissor avançado de 19 anos decidiu avançar para o pedido de rescisão. Fonte próxima do Sporting garantiu ao PÚBLICO que o documento já foi enviado para os serviços administrativos da Liga francesa, ainda que o empresário do jogador, Nelson Almeida, esteja a tentar que Rafael Leão volte atrás na decisão.

O Sporting terá sido, de resto, determinante nesta tomada de posição, convencendo o avançado de que terá fundamento para a rescisão e prestando-lhe, inclusive, assessoria jurídica.

A concretizar-se a rescisão, Rafael Leão enfrentará um longo período de paragem (à semelhança do que aconteceu com Adrien Silva na época passada, ainda que por outras razões) e só poderá voltar a competir, na melhor as hipóteses, em Janeiro de 2019, na reabertura do mercado de transferências.