Militar da Marinha detido a furtar material de uma obra em Cascais

Foi detido quando furtava pedras de granito de uma obra, com a ajuda da viatura de serviço, na zona de Alcabideche.

Um militar da Marinha, de 50 anos, foi detido na madrugada deste domingo, na zona de Alcabideche, concelho de Cascais, quando furtava material de uma obra, com a ajuda da viatura de serviço, segundo a GNR e a Marinha.

O porta-voz da Marinha, comandante Fernando da Fonseca, disse à agência Lusa tratar-se de um cabo fuzileiro, com a especialidade de condutor, colocado no Comando do Corpo de Fuzileiros, na Base do Alfeite, em Almada.

O oficial acrescentou que o militar "foi detido em flagrante delito, sem oferecer resistência, a furtar pedras de granito" de uma obra, as quais estava a carregar para uma viatura de transporte de pessoal pertencente à Marinha, razão pela qual este ramo das Forças Armadas "vai instaurar um processo disciplinar".

Fonte do Comando Geral da GNR contou à Lusa que os militares se deslocaram para o local após receberem uma denúncia para o furto, que ocorreu entre a 01:00 e as 02:00 da madrugada.

Quando os militares da GNR chegaram ao local, a viatura de serviço, que também foi apreendida, pois é um meio de prova, já estava carregada com material furtado.

O militar está detido no posto da GNR de Alcabideche, onde irá pernoitar, e será presente na manhã de segunda-feira a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Cascais.