Cristiano Ronaldo defende título de melhor da Europa

Internacional português pode alcançar a quarta vitória, terceira consecutiva, caso supere Modric e Salah.

Foto
LUSA/ALESSANDRO DI MARCO

O repetente e totalista de todos os pódios, Cristiano Ronaldo pode ?erguer esta quinta-feira o troféu de melhor futebolista da Europa pela terceira vez consecutiva. Vencedor do galardão atribuído pela UEFA em parceria com a European Sports Media (ESM) que premeia o melhor jogador a actuar na Europa por três vezes (2013/14, 2015/16 e 2016/17), em sete edições, o capitão da selecção nacional tem como opositores o croata Luka Modric e o egípcio Mohamed Salah.

Como principais argumentos para a revalidação do título, Ronaldo, de 33 anos, que no início da época trocou os espanhóis do Real Madrid pelos italianos da Juventus, apresenta a conquista da Liga dos Campeões, reforçada com o estatuto de melhor marcador.

Presente no Mundial 2018, na Rússia, Ronaldo caiu com a selecção portuguesa nos oitavos-de-final perante o Uruguai (2-1), mas deixou a sua marca na lista de melhores marcadores ao apontar quatro golos.

O ex-colega de equipa Luka Modric, de 32 anos, que marca presença pela primeira vez no trio de finalista, ostenta também como principal argumento a conquista da Liga dos Campeões, pelo Real Madrid, ao que acresce o título de vice-campeão do mundo pela Croácia.

Modric foi ainda considerado o melhor jogador do Mundial 2018, que a Croácia perdeu na final disputada com a vice-campeã europeia França, por 4-2.