Rui Vitória considera o empate injusto

Treinador do Benfica elogiou exibição dos seus jogadores e de Salin na baliza do Sporting.

Rui Vitória
Foto
Rui Vitória LUSA/MIGUEL A. LOPES

Desiludido com o empate no primeiro derby da temporada, o treinador do Benfica sublinhou a “entrega” dos seus jogadores num período em que lhes é exigido muito esforço, entre os dois jogos do play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões com os gregos do PAOK Salónica.

"Durante toda a partida fomos melhores e merecíamos ter vencido", garantiu: "Quero dar os parabéns aos meus jogadores pela forma como se entregam e quase sem tempo para descansar. É o que temos e mesmo assim frente ao Sporting não se notou falta de intensidade”, afirmou Rui Vitória, notando que foram dos seus jogadores as grandes oportunidades da partida.

“Provámos que mesmo tendo mais jogos a nossa frescura foi muito grande. A vitória era nossa e o guarda-redes do Sporting foi o melhor campo, pelo que o resultado é injusto", disse Rui Vitória. "Uma coisa é ter respeito pelo Sporting, que tenho, mas outra é não percebermos que o Sporting esteve quase toda a partida à espera do nosso erro”, disse ainda o técnico dos "encarnados"  no final do encontro . "O Benfica foi mais forte durante praticamente toda a partida", sublinhou Rui Vitória.

A propósito do golo do jovem João Félix, o treinador quis relativizar a idade do jogador: “Nem sei a idade ele. O que importa num jogador é a qualidade. Ele tem uma boa capacidade para finalizar”.

Rui Vitória teve ainda algumas palavras para comentar uma arbitragem que não o convenceu. "O jogo não foi bem conduzido. É um árbitro com qualidade mas estes são jogos com uma exigência muito elevada", disse.