Um dia muito saboroso para Daniel Rodrigues

Convocatória para seleção europeia de sub-18 e liderança na Bélgica

Com apenas 15 anos Daniel Rodrigues está a merecer reconhecimento internacional
Foto
Com apenas 15 anos Daniel Rodrigues está a merecer reconhecimento internacional

Daniel Rodrigues foi convocado para a selecção de amadores de boys (escalão de sub-18 anos) da Europa Continental no Troféu Jacques Léglise, o evento que anualmente a opõe à congénere da Grã-Bretanha/Irlanda. Com nove atletas de cada lado, a 51.ª edição joga-se a 31 de Agosto e 1 de Setembro no Kytäjä Golf, perto da cidade finlandesa de Hyvinkä. 

A convocatória foi hoje anunciada pela EGA (Associação Europeia de Golfe), no mesmo dia em que “Dani”, graças a uma segunda volta de 66 pancadas (-6), para um total 136 (-8), descolou dos segundos classificados rumo ao primeiro lugar isolado no Internacional de Juniores da Bélgica (Sub-18), que decorre no Royal Golf Club of Belgium, em Tervuren, região da Flandres. 

Não é o único português em evidência em terras belgas, já que Francisco Matos Coelho também marcou 66 para descolar dos 12.ºs para o 2.º lugar isolado, a três pancadas de “Dani”. E João Maria Pontes (70-70) partilha o terceiro lugar com David Lundgren, ambos com 140. O quarto elemento luso na prova de rapazes, Pedro Neves, está nos 19.ºs, com 147 (+3). 

Uma convocatória “especial”

Ao Gabinete de Imprensa da FPG, “Dani” reconheceu que a convocatória tem um sabor “especial”, porque é de “nível europeu e não nacional”. “Estou muito contente, porque vem reconhecer o trabalho que tenho feito, mas ainda não estou a pensar muito nisso porque estou focado no torneio aqui na Bélgica”, afirmou. 

“Dani” é o quarto português a participar no Troféu Jacques Léglise, depois de Pedro Figueiredo, por três vezes – 2006 (Marianzke Lazne, República Checa), 2007 (Notta Golf Club, Inglaterra) e 2009 (Ganton GC, Inglaterra); de Gonçalo Pinto, em 2011 (Neguri GC, Espanha); e de Pedro Lencart (Ballybunion GC, Irlanda), em 2017. 

Outro português com o seu nome inscrito no evento é Miguel Franco de Sousa, presidente da Federação Portuguesa de Golfe, capitão do conjunto Continental três anos seguidos, entre 2013 e 2015. 

O Troféu Jacques Léglise desenrola-se em duas jornadas, com quatro jogos de pares em foursomes (pancadas alternadas) de manhã e oito de singulares à tarde, no primeiro dia; e mais quatro foursomes e nove singulares, no segundo. Cada vitória vale um ponto e o empate 0,5 pontos. Estão em jogo 25 pontos, vencendo a equipa que ultrapassar os 12,5. 

A equipa da Europa Continental, que venceu as duas últimas edições, é escolhida pela EGA (Associação Europeia de Golfe) e a da Grã-Bretanha-Irlanda pelo R&A (Royal & Ancient Golf Club of St. Andrews). Pelo terceiro ano seguido, Jeron Steven, secretário-geral da Federação holandesa, será o capitão dos “continentais”.

Veja mais em www.golftattoo.com