Gudelj, a peça que faltava no meio-campo do Sporting

Internacional sérvio chegou a Lisboa e foi apresentado como a nona contratação “leonina” para esta época.

Foto
DR

Sousa Cintra já tinha prometido que estava na calha um reforço para o meio-campo do Sporting e o nome de Nemanja Gudelj há muito que tinha saltado para os escaparates. Nesta quinta-feira, o internacional sérvio aterrou mesmo em Lisboa para assinar contrato com os “leões” até final da época, por empréstimo dos chineses do Guangzhou Evergrande.

“É um jogador de qualidade. Já tínhamos dito que vinha alguém para acrescentar valor, para ajudar o meio-campo do Sporting e ele vem preencher uma falha grande no meio-campo”, revelou o presidente da Comissão de Gestão do Sporting, na conferência de imprensa de apresentação do jogador. Gudelj pode ser a peça que faltava, tendo em conta que se trata de um médio que tanto pode desempenhar a posição seis, como jogar em zonas mais adiantadas do meio-campo (a oito ou até nas costas de Bas Dost).

Aos 26 anos, o sérvio fez quase toda a carreira na Holanda (representou o NAC Breda, o AZ e o Ajax), tendo-se transferido para a China no início de 2018, primeiro para representar o Tianjin Teda e mais recentemente o Guangzhou Evergrande. Pela selecção, Gudelj soma 22 jogos e um golo marcado, não tendo sido convocado para o Campeonato do Mundo de 2018.

“A forma calorosa como fui recebido é muito importante para mim. Nem preciso de falar da grandeza do Sporting. Estou muito entusiasmado com este desafio e estou fisicamente pronto para jogar quando o treinador entender”, afirmou Nemanja Gudelj, que é o nono reforço do Sporting para a presente temporada. No meio-campo, pelo menos até ao final de Outubro, o sérvio não terá a concorrência de outra das contratações de peso do clube, o italiano Sturaro, que recupera em Itália de uma operação ao joelho.