Indonésia

Sismo de magnitude 6,9 sentido na ilha de Lombok

Horas antes, um primeiro sismo sentido na mesma ilha provocou deslizamentos de terra, uma pessoa morreu.
Foto
O primeiro sismo deste domingo provocou deslizamentos de terra Social media/Reuters

Um sismo de magnitude 6.9 na escala de Richter abalou a ilha de Lombok, na Indonésia, neste domingo. O sismo teve o epicentro a 124 quilómetros a noroeste da ilha e foi originado a apenas um quilómetro de profundidade, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Atingiu o seu limite de artigos

A liberdade precisa do jornalismo. Precisa da sua escolha.

Não deixe que as grandes questões da sociedade portuguesa lhe passem ao lado. Registe-se e aceda a mais artigos ou assine e tenha o PÚBLICO todo, com um pagamento mensal. Pense bem, pense Público.

Não foi emitido nenhum alerta de tsunami, nem pelo Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, nem pela agência meteorológica nacional. A agência noticiosa Associated Press afirma que não há relatos imediatos de danos ou ferimentos.

Na manhã de domingo, um outro sismo de 6.3 de magnitude já tinha atingido a mesma ilha. Registado a 7,9 quilómetros de profundidade, este terramoto provocou deslizamentos de terras que mataram uma pessoa e danificaram cerca de uma centena de casas. O terramoto “fez com que muita gente entrasse em pânico e fugisse de casa”, contou o porta-voz da agência nacional de desastres naturais, Sutopo Purwo Nugroho, cita a BBC.

No início de Agosto, um sismo de 6,9 de magnitude, que atingiu a mesma ilha, matou mais de 460 pessoas e provocou a derrocada de casas, mesquitas e edifícios de escritórios. O abalo originou centenas de milhares de deslocados, conta a BBC.

A ilha de Lombok situa-se numa zona conhecida como “círculo de fogo do Pacífico”, uma área onde se registam sismos e erupções vulcânicas frequentes.