Agenda

Sete ideias para sair esta semana

Aviso à navegação: entre portos avista-se música, teatro, cinema e… gente parada.
Foto
DR

Transatlântico reconstruído

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Coimbra - Exploratório Infante D. Henrique - Centro de Ciência Viva
A partir de 18 de Agosto

Bóias. Correntes. Passaportes e bilhetes carimbados. Fotografias. Vestidos, sapatos e chapéus do início do século. Rádios que propagaram pedidos de socorro. Instrumentos musicais que, rezam relatos e filmes, a banda do RMS Titanic tocou enquanto o navio se afundava. Entre réplicas e artigos que foram usados por passageiros e tripulação, Titanic - A Reconstrução retrata a engenharia, os materiais de construção e a vida a bordo do mais famoso paquete de sempre. A peça central é uma maqueta – a maior do mundo, com perto de dez metros de comprimento – do malogrado transatlântico, recheada com miniaturas minuciosas que podem ser observadas como de uma casa de bonecas se tratasse. Uma casa que ficou célebre pela grandiosidade e pelo destino trágico: na viagem inaugural, entre o porto inglês de Southampton e o norte-americano de Nova Iorque, naufragou a 15 de Abril de 1912, depois de ter colidido com um icebergue – também ele reproduzido na exposição –, levando consigo cerca de 1500 vidas. A exposição, que ruma a Coimbra depois de ter passado pela Expofacic de Cantanhede, tem a assinatura da instituição espanhola Fundación Titanic. Os visitantes podem contar com audioguias e, a partir de Outubro, com ateliês de exploração científica e tecnológica para mergulhar mais profundamente na história do grande naufrágio.
Horário: sábado, domingo e feriados, das 10h às 18h; terça a sexta, das 9h30 às 17h30.
Bilhetes a 8€ (adultos) e 5€ (crianças dos sete aos 12 anos; seniores); grátis para crianças até seis anos

 

Foto
DR

Janelas para um porto

Vila do Conde - Cais da Alfândega
De 17 a 20 de Agosto

Começou por ser uma forma de dar visibilidade à tradição da indústria naval vila-condense e transformou-se num fenómeno capaz de gerar corridas a bilhetes e lotações esgotadas. Perto de 400 participantes de várias idades, recrutados à comunidade local – actores, coreógrafos, músicos, cantores, figurantes…–, dão vida àquele que é apresentado como o maior espectáculo de teatro musical de rua do país: Um Porto para o Mundo. Nesta quarta edição, abrem-se Janelas da Alma, tema escolhido para assinalar os 700 anos do Convento de Santa Clara. Co-produzido pela companhia Lafontana - Formas Animadas e pela autarquia, instala-se novamente à beira do rio Ave, desta vez para recuar aos tempos em que as clarissas observavam o movimento da (então) vila a partir das suas janelas.
Horário: às 22h.
Bilhetes a 5€ (adulto) e 1€ (criança)

 

Foto
Peregrinação, de João Botelho

Peregrinação às ruínas

Lisboa - Museu Arqueológico do Carmo
De 20 de Agosto a 1 de Setembro

Ladeada pelas colunas e pelos arcos do que resta do Convento do Carmo, uma tela ao ar livre torna a erguer-se para noites de Cinema nas Ruínas. Este ano, o ciclo promovido pela Filmin (plataforma de video-on-demand dedicada ao cinema independente e de autor) cresce de uma para duas semanas e exibe um total de 12 filmes, quase todos recentes e com palmarés. As honras de abertura cabem novamente a João Botelho: no ano passado, esteve no Carmo com Os Maias; nesta segunda-feira, acompanha a projecção de Peregrinação. Na quinta-feira, há outros realizadores a marcar presença: Dorota Kobiela e Hugh Welchman, com A Paixão de Van Gogh. O cartaz fica completo com Aquarius (dia 21), O Meu Amigo Pete (22), Uma Mulher Fantástica (24), A Morte de Estaline (25), Nico, 1988 (27), O Dia Mais Feliz na Vida de Olli Mäki (28), A Viagem de Chihiro (29), No Coração da Escuridão (30), O Sacrifício de Um Cervo Sagrado (31) e, para terminar, o clássico Cinema Paraíso (1 de Setembro).
Horário: segunda a sábado, às 21h30.
Bilhetes a 8€

 

Foto
Circo Poeira Ivson

Um festival para estar

Vila Nova de Milfontes - Areal da Praia e Forte de São Clemente
Dias 20 e 21 de Agosto

Odeceixe - Areal da Praia, Miradouro da Praia, Moinho de Vento e Largo Central
De 23 a 25 de Agosto

Os Estar - Encontros de Teatro e Animações de Rua tomam o espaço público como palco e procuram sítios singulares para cenários dos seus espectáculos, seja um areal, um miradouro, um moinho ou um forte. A cortina desta quinta edição sobe primeiro em Vila Nova de Milfontes, com actuações dos tradicionais robertos portugueses – pela Mãozorra, que organiza o festival –, os truques em monociclo do malabarista Hélio Pena e as marionetas do brasileiro Circo Poeira. Desce depois a Odeceixe para receber, entre outros, a roda acrobática do chileno Mr. Dyvinetz, o clown italiano Luca Bellezze e o novo circo da companhia espanhola Vaivén.
Grátis

 

Foto
Gisela João Nuno Ferreira Santos

Na baía de Cascais...

Cascais - Baía
De 17 a 26 de Agosto

Todas as noites há concertos à beira-mar, com anfitriões como António Zambujo, Luísa Sobral, Anjos, Carolina Deslandes, José Cid, Agir, Gisela João, David Fonseca, Diogo Piçarra ou Pedro Abrunhosa. O alinhamento das Festas do Mar privilegia a música nacional, mas guarda um lugar na baía para celebrar a lusofonia com artistas que vão de Angola a Timor: no último dia, a Sinfónica de Cascais convida Anselmo Ralph, Paulo Flores, Fafá de Belém, Lura, Karyna Gomes, Stewart Sukuma, Ana Laíns, Luís Represas, Tonecas Prazeres e Piky Pereira.
Horário: às 20h30.
Grátis

 

Foto
Guilherme Marques

Provar, escutar, moldar

Lagoa - Parque Municipal de Feiras e Exposições
De 17 a 26 de Agosto

Artesanato, turismo, agricultura, comércio e indústria são os vectores principais da Fatacil, a grande feira algarvia que, no ano passado, recebeu mais de 170 mil visitantes e contou com cerca de 700 stands. São números que esta 39.ª edição espera ultrapassar – assim se mantenha a afluência crescente registada nos últimos anos. Artesãos a trabalhar ao vivo e provas de gastronomia regional misturam-se no programa com espectáculos equestres, animação de rua, grandes concertos (Gabriel O Pensador, Mariza, Virgul, HMB, José Cid, Quim Barreiros, Amor Electro, Carolina Deslandes, Richie Campbell e C4 Pedro) e exposições – uma delas dedicada a Fernando Rodrigues, o último e já desaparecido mestre oleiro tradicional de Lagoa.
Horário: das 18h à 1h (concertos às 22h30).
Bilhetes a 3,50€ (dia) e 20€ (passe); grátis para crianças até 12 anos

 

Foto
DR

Expressividade estática

Santa Cruz - Centro
De 20 a 25 de Agosto

A ordem é para parar. Não para quem passa, mas quem entra no 12.º Static - Concurso de Homens-Estátua de Santa Cruz. Personalidades históricas e personagens famosas ou inventadas invadem as ruas pedonais ao longo de seis dias. Além de apreciadas pelos transeuntes, as performances das estátuas vivas são avaliadas por um júri. Critérios: criatividade, originalidade, efeito e, claro, imobilidade. O concurso é um dos poucos momentos "parados" da Onda de Verão, um extenso programa de animação que se estende até ao final de Setembro e inclui música, teatro, cinema, desporto, sessões de leitura, exposições, oficinas, provas de vinhos, mostras de produtos locais e feiras diversas (mais informações aqui).
Horário: das 21h30 às 23h30.
Grátis